O dia que eu fiz um hack na minha campainha

O dia que eu fiz um hack na minha campainha

Aqui em casa tenho um “cérebro” eletrônico, responsável pela automação da casa, nele estão ligados minhas luzes, os sensores de portas e janelas e algumas outras coisinhas, antes que você pense que eu sou o Bill Gates e gastei rios de dinheiro com isso, já aviso que são anos de trabalho e esforço pra montar a automação de uma maneira raiz com alguns sensores comprados e alguns feitos no mais forte estilo faça você mesmo e o vídeo abaixo mostra como eu fiz para integrar minha campainha no meu sistema de automação.

Minha automação utiliza o Home Assistant, instalado em uma Raspberry Pi, quase tudo se comunica via Wifi, algumas coisas usando RF 433MHz e algumas outras coisas só aparecem no HA (Home Assistant) magicamente, como a TV e o roteador.

Depois de muito estudar, resolvi comprar meu vídeo porteiro, um Eken V7, no final a escolha foi pelo preço, na época paguei 120 reais na campainha e depois precisei comprar a parte do SINO, que fica dentro de casa, já que o vídeo porteiro só tocava o celular, então qualquer falta de internet iria fazer minha campainha ficar inutilizável, e isso não era uma opção! Então comprei o SINO e pensei, isso pode ficar mais legal, pode mandar uma notificação no meu celular que alguém apertou a campainha, isso já é algo que existe no aplicativo da campainha, mas a notificação as vezes não chegava, então queria algo mais “certo”, dai então veio a idéia de fazer um hack no SINO, de forma que quando ele tocar, minha automação detecte isso e possa executar comandos, por enquanto, só manda um aviso falando que tem alguém apertando a campainha, mas o fato de ter isso no sistema de automação abre a possibilidade por exemplo de eu fazer as luzes da casa piscar quando alguem tocar a campainha, entre outras coisas 😀

O vídeo mostra como eu fiz a integração do SINO com o sistema de automação, utilizando um NodeMCU (ESP8266) fiz ele ficar observando o SINO, e quando tocar, mandar via MQTT um aviso pro sistema de automação. No ESP utilizei uma biblioteca chamada HomieIOT, que facilita muito do trabalho de deixar o device configurado e passando os status para um servidor de MQTT, depois de entender como faria a ligação, comprei um optoacoplador, alguns outros componentes e soldei tudo de mandeira a poder deixar isso independente e mandando as informações 😉 ficou show.

Veja abaixo a Live onde faço a construção além de algumas fotos e alguns links que me ajudaram na construção

Animação da Campainha sendo vista pela Lupa
Campainha visto da lupa
Campainha no sofa em teste "real"
Testando o hack
Campainha + Placa Hack + Case impresso em 3D
SINO + Hack + Case
Sensor na parede
Sensor em produção